Arquivo da tag: ankle boot

É Esse Sapato Mesmo?

Desde muito antes de Sex and the City, toda mulher já tinha um complexo de Carrie Bradshaw. Tudo bem que existem níveis, mas quem nunca se apaixonou por um par de sapatos, que atire a primeira pedra.

E foi por causa desse amor, e da minha mania de entrar em sites especializados (beijo, sapato.net!), que eu tive a ideia desse post. É que eles têm uma tag bem bacana só de sapatos femininos que é ótima para tirar essas dúvidas que batem de vez em quando.

Realmente, existem modelos que me confundem, mas vamos combinar que não é tão fácil hehehe. Daí, surge a dúvida: será que eles pegaram alguma de vocês também?

Desde a abertura do Diabo Veste Prada que eu fiquei louca pela “ankle boot” que aparecia. Tão louca que nem me toquei que não era uma “ankle” hehehe.

Apesar de muito parecida, do lado esquerdo é um oxford de salto e do direito é uma ankle boot.

Diferença: Além do cadarço, vê como a parte de cima da ankle sobe um pouco mais que a do oxford? 😉

Há quem ame (oie! o/), há quem odeie, mas as clogs fizeram um sucesso há uns meses e, ficou a dúvida: a aberta também é clog?

Apesar de não ter a fivela, o que define mesmo a clog é o formato do salto e o material: madeira! Google, você na minha vida! ❤

Mocassim é o da esquerda e o da direita é um dockside!

Diferença: O dockside, além de ter a parte de cima um pouco mais alongada, tem um cadarço que envolve o sapato. Já o mocassim, é bem mais curtinho. Eu prefiro o dockside 😛

Eu fiquei um tempão esbravejando pelo mundo que espadrilha era flat e a de salto era plataforma. Até ler uma matéria na Harper’s Bazaar que derrubou o meu mundo. Sim, as duas são espadrilhas (e nada de esbravejar as coisas, viu dona Iana!).

Mais alguém fazia confusão com as mesmas coisas ou eu fiquei no samba do “eu sozinha”?  🙂

Anúncios

Corsário Boyfriend

Fashionistas em alerta! E se você é da vertente que não curte boyfriend jeans, tremei! Katie Holmes, precursora do movimento das calças largas (falo dele aqui ), acaba de surgir como uma nova “invenção”: a calça boyfriend corsário. Calça corsário é aquela super 1996 (que eu usava horrores quando tinha uns 10 anos para ir ao colégio) e como a galera agora anda numa de ressucitar como vintage peças de 15 anos atrás, não era de se espantar que uma hora a calça metida a bermuda voltaria à cena. Com toda a falta de glamour -e um certo estilinho hehehe- característica da primeira inovação da Sra. Cruise, a nova calça nada mais é do que jeans boyfriend comum com a barra cortada, além de dobrada.

Nova tendência por aí?

Compartilhando pensamentos aqui, à primeira vista, eu achei essa mais simpática do que a primeira versão – que demorei uns bons meses para ‘aceitar’. Pode ser a produção que ajudou, já que a blusa xadrez é uma graça e a ankle boot ajudou a equilibrar a ideia desleixada da calça. Verdade é: acho que não hesitaria em usar esse modelo em um dia mais quente! O primeiro boyfriend jeans surgiu assim, em um passeio de Katie Holmes e, semanas depois, virou uma febre entre as celebridades. Só nos resta aguardar para ver se a corsário boyfriend provoca o mesmo efeito!

E vocês se arriscam na corsário ou continuam no time da skinny jeans?

Aprendendo com Elle McPherson

Tudo bem que Elle McPherson é uma gazela (isso não é uma ofensa). Alta, magra e elegante, dificilmente uma roupa fica esquisita nela, mas, ignorando esses poréns e analisando o outfit, eu nunca pensei que uma jegging pudesse fazer parte de uma produção tão elegante.

Inspiração pura

Vamos aos truques: blusa mais compridinha para, como disse a Carol Fernandes nos comentários do post sobre o assunto, evitar o efeito popozuda de baile funk. Tá apertadinho em baixo? Volume em cima! Jaqueta + lenço deram conta do recado e acrescentaram charme à produção. Salto médio, para não cair no vulgar, e… voilá!

Caged Booties

Hoje é dia de mais uma tendência para lá de duvidosa: as caged booties. Eu sei que deve ter gente que pensa: “Para quê, Iana?” Porque é tendência, ué! Porque se o deus master dos calçados, Sr. Louboutin, achou que é bonito, muita gente deve copiar. O sapato nada mais é do que uma ankle totalmente vazada (e a primeira coisa que me veio à cabeça foi aquelas redes de cabelo que as tias usam para fritar bolinho).

Kim Kardashian, Gwyneth e Blake exibindo os pezitos.

Eu não achei muito elegante, mas, como tudo muda, pode ser que um dia eu ache. A ideia da peça é deixar o pé praticamente todo de fora, num jogo de esconde- esconde que os podólataras vão adorar. Gwyneth Paltrow, a gazela das elegâncias, e Blake Lively aprovaram. Portanto, nada mais justo do que a gente dar uma chance para as botinhas esquisitas!

Como Usar: Peep Toe Ankle Boots

O Como Usar de hoje não tem mistério, eu fiz mais para mostrar como uma peça só (no caso, sapato) pode ser mega versátil e aproveitada em várias ocasiões e estilo. Investiu em uma peep toe ankle boot e só consegue usar à noite? Acha que só fica bem com jeans? Ainda nem tirou do armário porque não conseguiu elaborar um look? Seguem algumas sugestões de produção para aproveitar melhor a peça, afinal, dinheiro não nasce em árvore e quem comprou, ou quer comprar, tem que colocar a peça para jogo!

Looks 1 e 2: Tendo em comum apenas aquela que está presente no guarda-roupa de todo mundo, a calça jeans, essas duas produções são totalmente diferentes!

Clique nas fotos para aumentar o tamanho!

Look 1: É bem básico e se vale de dois truques para sair do comum: a mistura do bege com preto, que está super em alta, e um acessório que faz toda a diferença: o lenço.

Look 2: Bem modernoso, esse tipo de combinação pode ser usada à tarde e à noite. O contraste da vez ficou por conta do “fundo branco” da produção – com jeans delavê e blusa branca – e cores fortes como o vermelho, o azul e o amarelo.
Looks 3 e 4: Uma tarde no shopping, um brunch com as amigas ou ir até a padaria dando pinta. Qualquer ocasião simples é válida para essas duas produções.

Clique nas fotos para aumentar o tamanho!

Look 3: Para quem quer sair phyna, a blusa listrada em conjunto com a corrente dourada é totalmente inspirada no navy, mas já com as novas listras (quem lembra quando eu falei sobre elas aqui?)!
Look 4: Sobriedade nos pés e infantilidade na blusa, acho que esse é um dos maiores charmes dessa produção. Para sair um pouco do óbvio “cores sóbrias + vermelho”, a bolsa amarela dá o toque final.

Looks 5 e 6: Para noites bapho!

Clique nas fotos para aumentar o tamanho!

Look 5: Se a noite além de bapho for phyna, aposte no contraste dos babados com o sapato e carteira mais pesados. Quer brilhar mais ainda? Esse cardigan (ou bolero?) com brilhos deixa o outfit mega luxo.

Look 6: Hot, hot, hot. Vestido todo trabalhado no drapeado (ainda assim basiquinho) com casaco de lantejoulas. Essa produção ficou toda no cinza e preto porque eu percebi que as anteriores estavam muito presas aos contrastes.

Então, é muito difícil achar essas peças exatas, e infelizmente elas não brotam no nosso guarda-roupa, mas fica a dica para garimpar similares por aí!

Tendência nos Pés!

Então, como muitas sabem, no domingo aconteceu o lançamento da nova coleção da Imporium com um brunch super bafo que reuniu várias amiguinhas do mundo fashion. Regado a muito cupcake, koni, garçons gatos e prosecco (esse último é o motivo de eu não ter conseguido escrever o post ontem), o evento gerou o maior falatório lá no twitter e serviu não só para colocar a fofoca em dia, como para conferir que a loja caprichou nas tendências!

Oxford para todos os gostos

Para começar: os maravilhosos oxfords. Não adianta, desde “O Diabo Veste Prada” que, entra ano sai ano, lá estão eles para incrementar a nossa produção de cada dia. Tímidos e com uma cor só no início, os modelos de hoje são estampados, trazem aberturas inusitadas e vem nas mais diversas cores. Tem para qualquer gosto.

Peep Toe Ankle Boots

E como não falar (mais ainda!) das minhas amadas e idolatradas peep toe ankle boots? Eu não adquiri nenhuma porque, né? Acabei de comprar um modelo, mas foi muito difícil resistir ao estampado de oncinha (outra tendência que massificou e não quer mais sair das araras das lojas)! Não curtiu? Ainda tem sandálias rocker e a comentadíssima over the knee boot. Deu para perceber que o evento foi a democratização das tendências e o melhor: com muito prosecco para acompanhar!

O evento com as queridas Nuta e Marie do GWSMag.com (Fotos: Victor Fernandes para Imporium)

Quer conferir como foi o evento e quem deu pinta por lá? A loja está com um blog super caprichado, administrado por nada mais nada menos que Carla Lemos, do Modices. Vale a pena conferir!

Peep Toe Ankle Boots

Kate Moss, ídala – não vou cansar de repetir isso, começou a moda das ankle boots faz um tempinho. De lá para cá, a peça foi se modificando, perdeu o bico fino, ganhou um salto maior e apareceu em várias versões diferentes. Umas fizeram mais sucesso, outras passaram um pouco despercebidas, mas acho que desde que a peça começou a passear por aí nos pés das fashionistas, um modelo específico não tinha dado tanto bafafá quanto as peep toe ankle boots. Tudo bem que a moda atual tá super rocker, e isso com certeza dá uma ajudinha para o modelo cair nas graças das meninas, mas é um tal de celebridade mostrando os dedos no sapato, como fazia tempos que eu não via!

Kate Moss, uma das precursoras da botas

O bom das PTAB é que, independente do seu estilo, você vai arrumar um jeito de encaixar a dita no seu guarda-roupa. Do alternativo ao chique, com jeans ou vestido bapho, pode apostar nessas ankles para valorizar o look com uma pitadinha sexy. As Ashleys (tanto a Greene quanto a Tisdale) estão aí para provar isso. E se a ocasião for um mega evento, tanto faz um pretinho clássico ou uma mega produção com jeans e jaquetas de paetê, a botinha tudo permite. Vale lembrar que, quem for se arriscar no modelito, pedicure djá! Afinal, ninguém quer sair por aí exibindo unheiro e dedão encravado, néam?

As famosas mostrando toda a versatilidade da peça

Boa notícia para as garimpeiras, como eu. Eu postei no twitter um par de peep toe ankle boot que comprei na Renner por R$ 139 (a foto estava super tosca, por isso não coloquei aqui). Tá certo que não é o preço de um lanchinho, mas o sapato é mega confortável e não parece que vai se desfazer na primeira caminhada. Vale arriscar!