Arquivo da tag: sex and the city

Saia de Tule: Você na Minha Vida

Saia de tule não é novidade para ninguém, embora bem que pudesse estar naqueles post de tendências que não pegaram por aqui (pausa para uma lágrima).

Carrie Bradshaw debutou o modelito high-low na abertura de sex and the city (faz tempo, meu povo) e, uns anos depois, a combinação virou febre mundo afora.

Mas, vendo essa foto do Sartorialist, não tem como ignorar o modelito e seguir a vida sem nem (re)pensar sobre o assunto. O coração logo bateu forte (“ei, to batendo por uma saia de tule. Quedê ela?”). Sim, meu coração me pede peças de roupas.

O mix de texturas do tricot e do tule e a produção monocromática e romântica com batom vermelho e wayfarer “modernoso” ganharam meu coração. Tá simples, tá luxo, tá inspirador. Daí eu já to imaginando como eu colocaria a minha saia de tule (imaginária) para jogo.

Poderia ser em uma produção com blusa jeans ou social amarradinha – para quebrar o romantismo da base.

Ou com blusa listrada um pouquinho mais curta – mostrando a cintura alta da saia – em um navy para lá de inusitado.

Em tempos de desejo total, eu soltaria a bailarina que existe dentro de mim exatamente assim. E vocês, passam o desejo adiante ou fariam uma combinação também? 😉

Anúncios

Sex and the City Ainda é Tendência

As meninas mais famosas de Manhattan já não fazem parte do dia a dia da maioria há alguns anos (maioria porque, né? eu não devo ser a única que assiste o DVD das temporadas compulsivamente). As roupas maravilhosas do figurino de Patricia Field (ídala eterna) já não são mais novidade e nem causam o mesmo impacto da primeira vez, mas isso não quer dizer que a criatividade da estilista fique de fora do circuito fashion. Os dias de out and about na Big Apple ainda inspiram estilistas mundo afora, e muito!

O cordão da Farm arrematado na promoção (Fotos: Julia Barbosa)

Há alguns meses, fui me jogar nas liquidações passear no shopping com uma amiga e me deparo com um cordão da Farm incrível. Sem pensar duas vezes, comprei e o acessório virou um dos meus queridinhos do dia a dia. Depois de algum tempo, comecei a achar o cordão um pouco familiar, pensei bastante e há!

Carrie no fatídico dia do término com Aidan (e com o cordão no pescoço)

A peça é muito parecida com nada mais nada menos que o anel que Aidan (meu favorito, que se exploda o Mr. Big) deu para Carrie que, por sua vez, em vez de repousar o diamante no dedo, colocou no colar! Coincidência ou inspiração, não há como negar: após tantos e tantos anos, Sex and the City ainda É Tendência!

Vocês acham que o mundo fashion já bebeu demais dessa fonte ou sempre há algo novo a ser descoberto?

Ecobags Fashionistas

Não há como negar. Eco chic já foi tendência, deu uma esfriada e agora está voltando com tudo novamente! Para quem não está muito inteirada, eco chic é toda aquela modinha das ecobags (bolsas de pano que substituem as de plástico na hora de fazer compras ou carregar tralhas), só que com um toque fashionista. Afinal, para cuidar do meio ambiente não é preciso andar por aí com sacola de feira (mas se você curte, you go girl!).

Frase Clássica da Srta. Bradshaw ‘shopping is my cardio’

A única questão é que as primeiras sacoletas de pano que circularam por aí eram mega sem graça! No máximo, tinha um anúncio feioso escrito ou uma frase clichê do tipo “save the planet”. A única do tipo que despertou meu desejo só foi lançada nos EUA como item promocional do primeiro filme de sex and the city por 5 dólares e foi parar no e-bay por uns 100 reais. Eis que, quando tudo parecia perdido nesse assunto, as nossas queridas lojas de fast fashion chegam para mudar a cena!

Os modelos da Forever 21 (Imagem: Forever21.com)

A Forever 21 (deu para perceber que é meu xodó, hehehe) lançou bolsinhas de pano lindas e simples, que inspiram qualquer pessoa a carregar as ditas para o mercado. A que imita a chanel 2.55, por exemplo, eu quero para a vida! Agora, é esperar que surjam as similares por aqui e que não sejam um roubo, afinal, é pano pintado, néam? As versões americanas custam módicos 6 dólares. Será que as marcas brasileiras se inspiram no preço camarada também?