Arquivo da tag: short de couro

Dupla Dinâmica: Tricot + Short de Couro

Aí você amou a tendência do short de couro, arrematou um e agora tá de bode porque acha que a peça só pode ser usada à noite, certo? Errado!

As moçoilas (lindas que só!) de streetstyle ensinam para gente uma dupla dinâmica e uma importante lição: couro + tricot não só combinam, como formam um visual diurno para lá de bacana.

Nos dias mais ou menos (porque no calor não dá!), uma blusa de tricot, grosso ou fino, deixam o look despretensioso, mas cheio de charme.

Esfriou, mas você quer porque quer colocar as pernas de fora? Todo mundo já passou por isso. Então, joga o tricot, o short de couro e uma meia calça fininha para dar uma bossa. Esse look dá para usar em um evento mais formal de dia ou mais informal à noite. 🙂

#Dicaquente: Como as pernas jã estão bem de fora, a boa é apostar em um tricot mais larguinho para equilibrar o visual.

Quem mais vai aproveitar a quase frente fria de hoje para sair assim? \o/

Anúncios

Como se Vestir para Show – Versão das Famosas!

Essa semana rolou o show da Amy Winehouse com direito a dicas de como se vestir para o show. O que acontece logo depois que acontece um evento com famosos presentes? Os looks pipocam por toda a internet. Dando uma olhada no que as celebs do Brasil Baronil vestiram (aliás, site ego, as fotos de look de vcs são uó!), captei algumas moças trajando estilos citados no blog. Para vocês verem, conforto em shows é mesmo um senso comum.

Fernanda Souza e Milena Toscano

Fernanda Souza, Milena Toscano, Fe Paes Leme e Fernanda Vasconcellos mostraram uma quase unanimidade na ocasião: short jeans. Com blusas básicas ou um pouco mais elaboradas, o conforto – e a habilidade de combinar com tudo hehehe – fizeram com que a peça fosse uma das mais usadas no local.

Fernanda Vasconcelos com boyfriend (no short e no braço) e Fe Paes Leme com desfiado

Já nos pés, houve até quem fosse de salto, mas a gente não pode esquecer que a galera ali era Ví Ai Pí, né? Nada de tumulto na pista, lugarzinho para sentar, sem horas em pé na fila, enfim, outro mundo. Para a galera que não descolou a pulseirinha de convidado, a situação é outra. Mas, mesmo no privilégio do camarote, o conforto nos pés foi a opção de Juliana Didone e Camila Pitanga que optaram, respectivamente, por um oxford e uma sapatilha – assim como no post de roupas para o show!

Lembram qual tendência foi citada como mega apropriada para o show – e que apareceu muito menos do que o esperado? Barriga de fora! O combo blusa curta + cintura alta ficou por conta da atriz Carol Castro que arrasou seguindo a tendência ousada.  O short de couro foi escolha acertadíssima, agora, a bolsa podia ter ficado para outra ocasião. Quem consegue pular e dançar segurando esse trambolho?

Carol Castro com barriga de fora e sapato de oncinha: quase perfeito

E vocês, foram como? Contem para gente! 🙂

Adaptando Tendências – Colete de Pelos

Volta e meia surgem umas tendências super bacanas que a gente mal pode esperar para usar e… lembramos que vivemos em um país tropical e, de acordo com o termômetro anual, simplesmente não vai rolar. Aaaaawww! Mas antes de desanimar e descartar por completo a possibilidade, que tal optar por uma adaptada? Há alguns invernos que os coletes de pêlo falso (ouviu, povo do Peta?) surgem em produções interessantes enfeitando os corpitchos de celebridades em geral. Mas isso não vai rolar por aqui, certo? Errado! Que tal combinar a peça – quéntchy, meu povo – com outras bem fresquinhas?

Hillary Duff, Kristin Cavallari e Kim Kardashian – básico + colete de pele

Achou legal, mas acha que não vai ter coragem? Realmente, a peça chama moointa atenção e quem se aventurar pelas ruas com ela, é bom se preparar para alguns olhares curiosos. Mas, a lei das proporções está aí para beneficiar a gente. Se uma peça sozinha cai na categoria “escandalosa”, nada como usar de apoio outras super básicas com cores bem neutras!

Um colete, várias produções!

Com os braços de fora e as pernas fresquinhas, não precisa nem esperar o dia mais frio do ano para encarar o colete. Um chopp em uma noite mais fresca ou um almoço em um dia de inverno já possibilitam uma produção bem interessante!

E aí, prontas para o efeito pelúcia?