Arquivo da tag: coturno

Sim, Nós Temos Fast Fashion

Eu acho muito louco que bem na época em que as Fast Fashion internacionais estão disputando espaço na lista de desejo cabeça com cabeça em relação às grandes maisons, ainda tem gente que alimenta preconceito em relação às nossas cadeias do tipo…

Meu povo, C&A (que nem é nossa, é Holandesa), Renner e Leader estão aí arrebentando nas prateleiras e possibilitando que quase toda menina se vista bem.

Para provar, meus últimos achadinhos na primeira citada – e que renderam elogios inclusive das minhas amigas que não frequentam as araras populares!

É muita lindeza, né? A bolsa navy eu vi uma vez na casa da Julia Lima (a.k.a. Bolsinha) e corri para comprar igual #imitona

O coturno é mega confortável e o modelo é desses tradicionais, mas sem ser muito pesadão, sabe?

E o Oxford de oncinha com pelos é o rei dos elogios.

Deu para ver que as nossas lojas de departamentos estão no caminho certo para alcançar as gigantes H&M, Forever 21 e TopShop (que já tá desembarcando por aqui). O único quesito em que eu acho que eles realmente deixam a desejar é o preço.

Fora os dígitos, eu realmente me sinto como se tivesse uma gigante das Fast Fashion bem na esquina da minha casa 🙂

Repetindo Roupa: Jessica Alba

Meninas! Amei os comentários do post anterior! É muito bom saber que a gente não está pensando algo sozinha e é isso aí: keep on blogging! =)

Agora, como prometido, a programação normal, heheheh:

Repetir roupa não é tarefa apenas para nós, meros mortais. Afinal, mesmo quem tem a conta bancária milionária sabe que dinheiro não nasce em árvore e roupa descartável não faz parte do nosso mundo. Ver as celebridades desfilando com a mesma roupa da semana passada nada mais é do que uma oportunidade de a gente perceber como uma peça pode acomodar produções distintas ou parecidíssimas mesmo. Jessica Alba, por exemplo, parece estar encantada com a sua calça cargo skinny (só eu já vi a moiçola usando a peça umas três vezes).

Jessica Alba arrasando e seria a pequena Honor Marie uma promessa de fashionista?

A primeira produção (minha preferida hihihi), o militarismo tomou conta da cintura para baixo – com o coturno e a calça – e o hippie chic deu as caras da cintura para cima. Parece até a receita para o insucesso (essa palavra existe?), mas ó: ficou lindo!! Quem diria que a “combinação de contrastes” resultaria em uma produção tão elegante e despretensiosa! O joguinho de cores (o coturno vinho é do mesmo tom da blusa) também ajudou a dar um equilíbrio para o outfit.

Já a segunda produção deixou todos os traços girlie de lado para dar ligar ao militarismo total! Eu prefiro a primeira, mas o estilo sargento americano – com colete de couro e cores bem neutras – também tem seu charme!

E vocês? Curtiram as duas ou preferem alguma em especial?

Coturnos

Na minha época, coturno era coisa de grunge. Mas, já que o xadrez, referência de roupa no movimento dos anos 90, voltou com tudo uns anos atrás, e o militarismo tomou conta, não tinha como ser diferente. Duas vertentes com uma peça em comum, era óbvio que surgiria tendência por aí. A botinha nada delicada tomou conta de sites de street style e dos pés das celebridades.
Quem pensa que não vai adquirir a peça porque tem um estilo mais “romântico”, pense duas vezes: o coturno é um excelente substituto para os sapatos rocker na hora de contrastar com vestidos floridos e fluidos. Ainda não está convencida da capacidade girlie da peça? Verdade seja dita, de girlie o calçado não tem nada, mas as fotos estão aí para provar que o visual rockeirinha de shopping dos anos 90 não é o único que permite o uso da bota.
Está se sentindo mais básica? Inspire-se no look de Hillary Duff com uma blusa soltinha e jeans, a bota só acrescentou charme. Quer contrastar? Vestidos leves e românticos se contrapõem ao ar pesado da bota. Quer vestir o uniforme militar? Basta combinar a peça com um casaco verde, como fez a super blogueira e fashionista Chiara Ferragni, simples e charmoso! E aí? Prontas para marchar?

Dica:
Quer deixar o coturno um pouco mais leve? Faça como algumas celebridades e não amarre o cadarço até o final. A parte de cima desamarrada deixa o calçado mais folgado, e confortável!