Vestidos Texturizados

É verdade que o pretinho – ou branquinho – básico dificilmente vai sair de moda, mas que é época de dar um descanso merecido a eles, isso é. Em meio a tantas misturas atuando ao mesmo tempo no mundo da moda (é mistura de estampa, mistura de textura, mistura de estilos) fica difícil não se deixar contagiar por peças poluídas. Sem comentar que se o excesso de informação está em alta com produções elaboradas carregadas de estampas e sobreposições, cedo ou tarde a tendência ia dar as caras em peças sozinhas.

O fenômeno pode acontecer por dois motivos (todos teóricos de minha cabeça ociosa hehehe): o verão pode ter exigido uma aposentadoria temporária das sobreposições de tecidos ou a falta de paciência de ter que elaborar produções que comportam várias peças, acessórios, tecidos e estampas diferentes fez com que houvesse o surgimento de saídas mais práticas – para se conseguir o efeito com peças únicas. Semana passada, na abertura da Chanel do Soho (reduto finissimo em NY), três ícones fashion atuais mostraram que a tendência está aí… e mto bem acompanhada!

Rachel Bilson, Alexa Chung e Diane Krueger desfilaram pelo local super trabalhadas e vestidos texturizados. Rachel se valeu das franjas (e muitas!!) que cobriam não só a peça, como ultrapassavam – de leve – a fronteira da gola e da barra. Diane Krueger sobrepôs o vestido – mega – texturizado com um corpete acentuando ainda mais a imagem poluída e rhyquíssima, diga-se de passagem. Já o vestido de Alexa tinha estampa, desenhos vazados, aplicações e – o que me parece – renda na gola e nas mangas, resultado: mistureba total que só o sobrenome Chung sustenta com graça e leveza. Peças incomuns, mas que são charme puro.

E vocês? Prontas para os babados/rendas/drapeados/estampas da vida ou ainda preferem o bom e velho little black dress?

Anúncios

Marcado:, , ,

5 pensamentos sobre “Vestidos Texturizados

  1. drica 15 de setembro de 2010 às 23:11 Reply

    Comecei a ler pronta pra discordar de você em gênero, número e grau! kkk Porque eu, teoricamente, odeio essas misturebas. Maaaaas… cheguei na foto do vestido da Alexa Chung, e que vestido lindo!! Ficou até harmoniosa toda a mistura, achei super bonito. Quem sabe nesse verão eu deixo o preconceito de lado?! 🙂

    • Iana 19 de setembro de 2010 às 13:12 Reply

      Gosto é gosto, mas é muito bom quando alguma coisa diferente agrada e a gente resolve experimentar, né?

  2. julia 17 de setembro de 2010 às 01:50 Reply

    eu concordo com a “drica”, mas na minha opinião, simplesmente essas “misturebas” só ficam bem adaptadas a corpos magéeeeerrimos!!! oque não é meu caso! porém, acho bonito de vez em quando… oque não é o caso da menina da foto grande… já as outras…. até que caiu bem…

    • Iana 19 de setembro de 2010 às 13:13 Reply

      Corpo magro tem aquela vantagem: tudo fica bom hahahahaah. Mas dá para rolar uma misturinha de leve com peças mais soltinhas também ^^

  3. Flávia 17 de setembro de 2010 às 17:56 Reply

    A Alexa é café com leite. Qualquer porcaria fica bem nela.
    E eu não curti muito a tendência não, mas o vestido dela até que é uma graça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: